VOCÊ SABE MESMO USAR SEU AFINADOR DE GUITARRA?

Você sabe afinar seu instrumento com o seu afinador de guitarra ou de violão?

Todos sabemos que diferenciamos o termo “guitarra” de “violão“: o primeiro é elétrico e o segundo acústico.

Porém, as suas estruturas são similares, pois descendem da mesma família de instrumentos e a guitarra elétrica foi criada somente para resolver um problema técnico que o violão causava ao tentar se amplificar o volume.

Esta técnica pode ser utilizada para afinar tanto um violão quanto uma guitarra:

AS CORDAS DO INSTRUMENTO

Tanto a guitarra como o violão possuem seis (6) cordas, as quais vão, da mais fina para a mais grossa:

1ª CORDA – mi (prima)

2ª CORDA – si

3ª CORDA – sol

4ª CORDA – ré

5ª CORDA – lá

6ª CORDA – mi (bordão)

A afinação padrão

Para que o som saia na mesma altura na afinação de um violão ou de uma guitarra (afinação) em relação aos demais instrumentos, existe uma padronização para afinar a corda LÁ (5ª CORDA) do violão ou guitarra que é de 440 hertz.

Como se afina a corda Lá em 440 hertz?

Utilizando um aparelho que nos dá uma referência para isso, você consegue afinar um violão ou uma guitarra. Esse aparelho pode ser tanto analógico, quanto digital e é chamado de diapasão.

Utilizando o ouvido – diapasão analógico

O Diapasão Analógico utiliza o método de afinação “por ouvido”, ou seja, ele fornece uma referência sonora para podermos utilizar como base para nossa afinação.

Você toca ou sopra o diapasão, o diapasão soa uma nota Lá; então você vai regulando a corda LÁ (5ª CORDA) do violão ou guitarra no mesmo tom que você está ouvindo no diapasão, assim tentando igualar os dois sons o mais próximo possível através da audição.

Esta técnica requer treino do ouvido. Então você irá desenvolvê-lo com o tempo.

Após isso, deixamos o diapasão de lado e partimos para a afinação das demais cordas. Porém, desta vez, com a referência nessa corda Lá que acabou de ser afinada.

Veja abaixo:

Acompanhe o braço do instrumento:

Memorize esta regra: quando apertamos uma corda na 5ª CASA do violão ou da guitarra, a corda que está SOLTA abaixo soará a mesma nota desta. Ou seja, as duas estarão com o mesmo som.

Veja a imagem abaixo:

Acompanhe a ideia:

  • Caso você apertar a CORDA 6 na 5ª casa você terá a mesma nota da corda SOLTA abaixo, ou seja, as duas com o som da nota .
  • Caso você apertar a CORDA 5 na 5ª casa você terá a mesma nota da corda SOLTA abaixo, ou seja, as duas com o som da nota .
  • Caso você apertar a CORDA 4 na 5ª casa você terá a mesma nota da corda SOLTA abaixo, ou seja, as duas com o som da nota Sol.
  • ÚNICA Exceção: Caso você apertar a CORDA 3 na 4ª casa (não na 5ª casa) você terá a mesma nota da corda SOLTA abaixo, ou seja, as duas com o som da nota Si.
  • E, caso você apertar a CORDA 2 na 5ª casa você terá a mesma nota da corda SOLTA abaixo (mi prima), ou seja, as duas com o som da nota mi.

Continuando a afinação

Eu faço esse processo de ir pressionando a 5 ª casa e ir igualando com a corda solta abaixo. Relembrando: na corda 3 apertamos a 4ª casa, não a 5ª casa. Esse processo é válido tanto para afinar um violão quanto uma guitarra.

Inicie pelo mi bordão na 5ª casa e tente igualar com a corda Lá solta. Você vai ter que usar as duas mãos não é: uma para apertar a corda (permaneça com a corda de baixo solta) e a outra para girar a cravelha, apertando ou soltando a corda, conforme a necessidade.

Não esqueça de não mexer na corda solta que está abaixo! Ela já está afinada pelo diapasão. Ela serve como referência. Você irá afinar as demais então cuidado para não desafiná-la.

Faça o mesmo processo nas outras cordas, completando a afinação.

Como você pode observar, a menos que você tenha ouvido muito bom, podemos dizer que o método analógico não é totalmente preciso. Certamente você irá desenvolvendo sua capacidade de “ouvir melhor” ao longo do tempo.

Com a internet, já é possível realizar esta afinação com aplicativos e sites.

Nele podemos ouvir corda por corda e ir conferindo as notas do instrumento, uma de cada vez.

Método Eletrônico – Diapasão Digital

O Diapasão Digital utiliza o método eletrônico para fazer a leitura das vibrações das cordas, retornando um resultado muito mais preciso.

Com ele, o ouvido não é utilizado, podendo afinar corda por corda sem necessidade de referência sonora do próprio ouvido.

Seu método funciona desta forma:

  • Violão – alguns afinadores possuem uma presilha para prender na mão do instrumento, captando o som pelas vibrações do corpo do violão. Outros possuem uma espécie de microfone onde você aproxima do instrumento e o aparelho capta o som apenas pela vibração das cordas.

Ao utilizar um aparelho desses pode se afinar corda por corda, começando da qual quisermos.

Após completar a afinação, faça alguns testes tocando alguns acordes.

É importante tocar acordes em diversas posições do braço do instrumento para ter certeza de que a afinação está ótima.

Perceba que mesmo utilizando qualquer tipo de equipamento eletrônico, nada melhor do que ouvir o som para ter a certeza da qualidade desejada.

A base teórica para afinar sua guitarra ou violão é esta. É óbvio de que a prática levará a  perfeição.

Eu sugiro você experimentar ambas as técnicas.

É interessante possuir um equipamento eletrônico para chegarmos à uma exatidão maior da afinação, para nos direcionar para a altura correta das cordas.

Mas a última palavra, será sempre do próprio ouvido.

Afinador de Guitarra

Existem diversos afinadores de guitarra disponíveis no mercado, não muda muito, como eu não tenho um específico, pode comprar qualquer um que já resolve. Eu recomendo mesmo aprender a afinar com o ouvido.

Caso eu indique algum afinador de guitarra específico, eu irei atualizar esse artigo.

Bom, se você gostou do conteúdo sobre afinador de guitarra e afinação em geral, clique no link abaixo e baixe o e-book grátis e aprenda como melhorar sua palhetada na guitarra.

Clique Aqui Para Pegar o Livro Grátis

Veja Também: Curso Cg Class Funciona

VOCÊ SABE MESMO USAR SEU AFINADOR DE GUITARRA?
5 (100%) 10 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *